PUBLICIDAD
PUBLICIDAD
Tech

Elon Musk é processado por atraso na divulgação de participação no Twitter

Autor da ação procura representar uma classe de investidores que venderam ações do Twitter de 24 de março a 1º de abril

Musk cerca de Berlin
Por Bob Van Voris
12 de Abril, 2022 | 08:37 pm

Bloomberg — Elon Musk foi processado por um acionista do Twitter Inc. (TWTR) que alega que o atraso do CEO da Tesla Inc. (TSLA) em divulgar sua participação de mais de 5% da empresa de mídia social manteve artificialmente baixo o preço das ações da empresa.

PUBLICIDAD

Marc Bain Rasella processou Musk por fraude de valores mobiliários no tribunal federal de Manhattan na terça-feira, alegando que Musk foi obrigado a divulgar suas participações à SEC até 24 de março. O atraso de Musk em divulgar essa fatia permitiu com que ele comprasse mais ações do Twitter com um valor menor e ainda impediu os vendedores de obterem ganhos maiores, afirma Rasella.

Musk não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. O Twitter se recusou a comentar o processo.

PUBLICIDAD

O investidor disse que, quando Musk preencheu o formulário revelando sua participação no Twitter, as ações da empresa subiram 27%, de US$ 39,31 em 1º de abril para US$ 49,97 em 4 de abril.

Rasella procura representar uma classe de investidores que venderam ações do Twitter de 24 de março a 1º de abril.

PUBLICIDAD

O caso é Rasella v. Musk, 22-cv-03026, Tribunal Distrital dos EUA, Distrito Sul de Nova York (Manhattan).

--Com assistência de Dana Hull.

Veja mais em bloomberg.com

Últimas BrasilElon MuskTwitterTesla