PUBLICIDAD
PUBLICIDAD
Mercados

Fed tem chance de conseguir ‘soft landing’ da economia, defende Pimco

Gestora fundada por Bill Gross avalia que o banco central ainda dispõe de credibilidade para ancorar as expectativas do mercado

Sede do Federal Reserve em Washington: reunião para decidir os juros na próxima semana, nos dias 14 e 15
Por John McCorry e Jonathan Ferro
07 de Junho, 2022 | 03:12 pm

Bloomberg Línea — O Federal Reserve (Fed) tem credibilidade nos mercados financeiros e chances “muito boas” de conseguir um pouso suave da economia americana, segundo Anthony Crescenzi, da Pimco, uma das maiores e mais tradicionais gestoras do mundo, com cerca de US$ 2 trilhões em ativos sob gestão. Foi fundada por Bill Gross, um dos mais célebres investidores do mercado americano.

PUBLICIDAD

O pouso suave, ou soft landing em inglês, é a expressão utilizada por economistas e no mercado financeiro para descrever uma desaceleração da atividade sem que haja uma contração repentina e profunda.

“Os participantes do mercado ainda veem o Federal Reserve com credibilidade e ele deve conseguir atingir sua expectativa de inflação de 2,6% para o final de 2023”, disse o estrategista de mercado e gestor de portfólio da Pimco no programa Surveillance da Bloomberg Television. “Parece que as chances de um pouso suave são muito boas. As chances de uma recessão profunda são muito baixas.”

PUBLICIDAD
Anthony Crescenzi, estrategista de mercado e gestor de portfólio da Pimco, diz que vê chances “razoavelmente boas” para o Federal Reserve administrar o chamado pouso suave para a economia dos EUAdfd

Crescenzi reconheceu as dificuldades que o Fed enfrenta para controlar a inflação mais alta em quatro décadas e evitar trimestres consecutivos de contração econômica.

“O que o Federal Reserve quer é evitar uma recessão total, definida como uma diminuição no emprego e na produção”, disse ele. “O que quer é uma recessão de crescimento, que é o pouso suave entre 0% e 1,8% de crescimento.”

PUBLICIDAD

Após dois aumentos de juros e uma estratégia que sinaliza para mais aumentos neste ano, o presidente do Fed, Jerome Powell, e seus colegas da diretoria do banco têm evidências de que estão no caminho certo.

“O Federal Reserve está conseguindo de várias maneiras impedir que as expectativas de inflação subam”, disse Crescenzi. “Parece que está ajudando as expectativas de inflação a se moverem para baixo.”

Mas, mesmo que o Fed consiga controlar a inflação, a economia e os mercados podem ser atingidos. “A questão é como chegar lá”, disse ele. “Requer muito aperto ou conseguimos a aterrissagem suave?”

PUBLICIDAD

Veja mais sobre o Fed em bloomberg.com

Leia também:

PUBLICIDAD

Inflação: 3 indicadores globais sinalizam que o pico pode ter ficado para trás

Petróleo precisa ir a US$ 135 para resolver déficit de oferta, diz Goldman

©2022 Bloomberg L.P.

Últimas BrasilFEDJurosEstados UnidosInflação