Mercados

Futuros na Ásia: semana começa em alta com investidores indo às compras

Busca por pechinchas ganha força depois de um dos piores começos de ano para a renda variável; bolsas em NY estarão fechadas por causa de feriado

acciones
Por Andreea Papuc
29 de Maio, 2022 | 07:46 PM

Bloomberg — As ações nos mercados globais devem abrir esta segunda-feira (30) em alta depois que as as bolsas dos Estados Unidos registraram sua melhor semana desde novembro de 2020, enquanto traders debatem se o fim do selloff - onda vendedora - está próximo.

PUBLICIDAD

Os índices futuros subiam no Japão e na Austrália, bem como em Hong Kong. Na semana passada, o índice S&P 500 eliminou suas perdas de maio e encerrou uma sequência de sete perdas semanais, enquanto os investidores institucionais - como grandes fundos - reequilibravam as carteiras no final do mês. Na segunda (30), os mercados em Wall Street estarão fechados por causa do feriado de Memorial Day.

Entre as moedas, o dólar era negociado dentro de intervalos apertados em relação às principais moedas e o euro flutuava, dado que a União Européia não conseguiu concordar com um pacote revisado de sanções à Rússia.

PUBLICIDAD

Na China, Xangai ofereceu alguns descontos fiscais para empresas e permitiu que todos os fabricantes retomassem as operações a partir de junho. O país tem lançado dezenas de políticas para revitalizar a economia, impactada pelos bloqueios em meio ao avanço da covid.

Na bolsa, os investidores estão em busca de pechinchas após um dos piores começos de ano para o mercado de renda variável. Um muro de preocupações, contudo, permanece por parte dos bancos centrais agressivos, ressaltando os temores de uma recessão, a escalada da inflação de alimentos da guerra na Ucrânia e os bloqueios da China que prejudicam a atividade econômica.

PUBLICIDAD

“As ações ainda não viram sinais claros do fundo do poço”, disse Shane Oliver, chefe de estratégia de investimentos e economista-chefe da AMP Capital, em nota. “A conclusão é que, embora permaneçamos otimistas de que a recessão será evitada nos próximos 18 meses e, portanto, as ações podem subir em uma visão de 6 a 12 meses, as ações ainda correm o risco de novas quedas.”

Segundo nota do Bank of America (BAC), citando dados do EPFR, os fundos de ações globais tiveram suas maiores entradas de capital em 10 semanas, liderados por ações dos EUA.

Confira os principais movimentos do mercado:

PUBLICIDAD

Ações

  • O futuro do S&P 500 subia 2,5% por volta das 20h (horário de Brasília);
  • O futuro do Nasdaq 100 avançava 3,3%;
  • O futuro do Nikkei 225 tinha alta de 1,1%;
  • Os futuros australianos S&P/ASX 200 tinham ganhos de 1,2%;
  • O índice futuro Hang Seng subia 0,5%;

Moedas

  • O dólar à vista caía 0,3%;
  • O iene japonês opera estável a 127,09 por dólar;
  • O euro também operava estável, a US$ 1,0738;

Títulos

  • O título de 10 anos do Tesouro dos EUA caiu 1 ponto-base, a 2,74% na sexta;

Commodities

  • O petróleo WTI subia 0,9%, a US$ 115,07 o barril;
  • O ouro era negociado a US$ 1.853,72 a onça.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também:

Turbulência nos mercados divide Wall Street sobre quando sell-off vai terminar

Últimas BrasilAsiaAçõesInvestimentosBolsa de valores
PUBLICIDAD