Negócios

O jogo de futebol com maior prêmio do mundo não é o que você está pensando

Esqueça Liverpool contra Real Madrid: jogo de domingo em Londres pode valer US$ 214 mi em receita nas próximas 3 temporadas

O vencedor da partida receberá mais de 100 milhões de libras em receita de transmissão na próxima temporada
Por Damian Shepherd y David Hellier
28 de Maio, 2022 | 04:46 PM

Bloomberg — Quando o jogo mais lucrativo do futebol mundial começar em um dos maiores estádios da Europa neste fim de semana, os times que entrarem em campo podem não ser os que você imagina.

PUBLICIDAD

Os aristocratas de Liverpool e Real Madrid vão lutar para levantar o maior troféu do continente na final da Liga dos Campeões em Paris na noite deste sábado (28). No entanto, será o culminar do Championship, a segunda divisão da Inglaterra, em uma partida entre Nottingham Forest e Huddersfield Town em Wembley, em Londres, na tarde seguinte (29), que enriquecerá ainda mais o vencedor.

Quem vencer será promovido à Premier League, a competição mais rica do planeta. Eles poderão jogar contra Manchester City, Liverpool e Chelsea na próxima temporada, enquanto o perdedor ficará parado. Isso faz com que o jogo valha cerca de 170 milhões de libras (US$ 214 milhões) em receita nas próximas três temporadas e pode chegar a mais de 300 milhões de libras em cinco anos se o clube vencedor sobreviver ao rebaixamento, de acordo com a pesquisa da Deloitte LLP.

PUBLICIDAD

No mundo precário das finanças do futebol, os ganhos inesperados dão aos clubes a oportunidade de investir o dinheiro em jogadores e melhorias de estádios com os quais outros sonham. O vencedor receberá mais de 100 milhões de libras em receita de transmissão na próxima temporada e terá o backup de um pagamento de 80 milhões de libras se acabar sendo rebaixado.

O truque é garantir que eles gastem o suficiente para permanecer na Premier League, mas não se prejudiquem financeiramente caso não o façam. Das três equipes que foram promovidas do campeonato na temporada passada, duas voltaram para baixo.

PUBLICIDAD

Forest foi campeão europeu em 1979 e 1980, mas está ausente da primeira divisão há mais de duas décadas. Huddersfield foi o último na Premier League há três anos. Nas casas de apostas, Forest é o favorito a vencedor.

Por outro lado, competir na final da Liga dos Campeões é a maior conquista do futebol europeu, mas as recompensas financeiras de ganhá-la não são tão grandes, certamente para um clube inglês. No ano passado, seis clubes da Premier League estiveram envolvidos na fracassada Superliga Europeia, um projeto liderado pelo Real Madrid que teria tirado 15 dos maiores times do continente da Liga dos Campeões.

A maior parte do prêmio em dinheiro que o Liverpool poderia obter com a vitória em Paris já está em caixa, com ganhos após cada rodada do torneio. Uma vitória pode render mais alguns milhões de libras, embora isso seja apenas se o clube vencer mais duas competições na próxima temporada que envolvem o vencedor da Liga dos Campeões – uma contra o campeão da Liga Europa e outra envolvendo clubes de outros continentes.

PUBLICIDAD

O caminho do Real Madrid até à final já se caracterizou por duas impressionantes reviravoltas tardias contra duas equipas inglesas, Chelsea e Manchester City. As casas de apostas do Reino Unido, no entanto, fazem do Liverpool o favorito para levantar o troféu.

Veja mais em bloomberg.com

PUBLICIDAD

Leia também:

Hora da virada? Ativos nos EUA apontam que pior ficou para trás

Varíola dos macacos: América Latina tem primeira suspeita de caso

Últimas BrasilFutebolRiquezaReino UnidoEsportes
PUBLICIDAD