Petróleo aponta para quinto ganho semanal antes do verão no hemisfério norte

Futuros do WTI flutuavam perto de US$ 114 o barril nesta sexta-feira (27), após fecharem em alta de 3,4% na sessão anterior

"Com a temporada de viagens de carro chegando nos EUA, refinarias saindo da manutenção e o clima no Oriente Médio ficando mais quente, a demanda por petróleo aumentará"
Por Sharon Cho e Grant Smith
27 de mayo, 2022 | 06:54 AM

Bloomberg — O petróleo caminha para um modesto quinto ganho semanal antes do início da temporada de verão nos Estados Unidos neste fim de semana, com os motoristas enfrentando custos crescentes devido ao aperto dos estoques.

PUBLICIDAD

Os futuros do WTI flutuavam perto de US$ 114 o barril nesta sexta-feira (27), após fecharem em alta de 3,4% na sessão anterior. Os estoques americanos de gasolina estão no nível sazonal mais baixo desde 2014, enquanto os suprimentos de diesel estão ainda mais apertados em algumas regiões, ajudando a elevar os preços na bomba para recordes.

Os mercados de combustível se apertaram globalmente após a invasão da Ucrânia pela Rússia no final de fevereiro, que derrubou os fluxos comerciais e aumentou a inflação. O governo Biden está entrando em contato com as empresas de petróleo para perguntar sobre a retomada das refinarias fechadas, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto.

PUBLICIDAD

“O apetite dos investidores por risco está de volta, mas há fatores fundamentais ajudando o petróleo também, disse Giovanni Staunovo, analista do UBS AG em Zurique. “Com a temporada de viagens de carro chegando nos EUA, refinarias saindo da manutenção e o clima no Oriente Médio ficando mais quente, a demanda por petróleo aumentará – e os estoques de petróleo estão baixos.”

O quinto avanço semanal do petróleo seria o melhor desde fevereiro, com os futuros mais de 50% mais altos este ano. Outros ganhos foram limitados por um ressurgimento do coronavírus na China, que continua a pesar nas perspectivas de demanda, já que o maior importador de petróleo do mundo mantém sua estratégia Covid Zero.

PUBLICIDAD

A China pode emitir cotas adicionais de exportação de combustível para refinarias estatais para liquidar altos estoques que aumentaram durante os bloqueios, segundo pessoas familiarizadas com o assunto. Volumes e prazos permanecem incertos nesta fase, embora a consultora do setor JLC tenha dito recentemente que poderia totalizar 3,5 milhões de toneladas.

  • O WTI para entrega em julho subia 0,6%, para US$ 114,79 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York às 6h33 do horário de Brasília
    • Os futuros subiram 1,4% esta semana
  • O Brent para liquidação em julho subia 1%, para US$ 118,51 o barril, na bolsa ICE Futures Europe, depois de subir 3% na quinta-feira

Os mercados de petróleo permanecem em retrocesso, um padrão de alta marcado por preços de curto prazo negociados acima dos de datas mais longas. O timespread imediato para o Brent estava em US$ 3,48 o barril nesta sexta-feira (27), em comparação com US$ 2,56 há uma semana. Para o WTI, a diferença aumentou para quase US$ 3, de US$ 1,75 no início do mês.

O Reino Unido anunciou que vai impor um imposto inesperado de 25% sobre as empresas de petróleo e gás, cedendo à crescente pressão para apoiar os britânicos que enfrentam um aperto recorde nos padrões de vida. Isso levou a BP a revisar seus planos no Reino Unido, enquanto a Shell disse que “um ambiente estável para investimentos de longo prazo” era fundamental para seu plano de investir no sistema de energia.

PUBLICIDAD

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDAD

Mercados sobem nos EUA antes de indicador de inflação que orienta o Fed

O inverno chegou: unicórnios VTEX e Bitso fazem demissão em massa

Últimas BrasilPetróleo
PUBLICIDAD