Startups

Quem são as celebridades investindo em venture capital na América Latina

De atores e músicos até atletas, saiba quem são os famosos apostando em ativos de risco em tech da América Latina

Lewis Hamilton é investidor de iniciativas plant-based. Na América Latina, ele investe na NotCo
11 de Maio, 2022 | 08:22 AM

Bloomberg Línea — Se para as startups americanas a distância entre o Vale do Silício e Hollywood já tinha sido encurtada com venture capitalists como Leonardo DiCaprio, Ashton Kutcher, Will Smith e Snoop Dogg, as startups e famosos da América Latina também têm feito esse caminho de aproximação. Veja onde as celebridades estão alocando seus recursos na América Latina:

PUBLICIDAD

Sete vezes campeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton investiu, junto do campeão tenista Roger Federer, na rodada que tornou a foodtech chilena NotCo um unicórnio em julho de 2021. Hamilton é entusiasta de iniciativas plant-based e participou da rodada de US$ 235 milhões, liderada pela Tiger Global.

O goleiro da seleção mexicana Guillermo Ochoa e o piloto mexicano de F1 Sergio Pérez têm participações na Kavak, startup do México de compra e venda de seminovos avaliada em US$ 8,7 bilhões.

PUBLICIDAD

O duo eletrônico The Chainsmokers, do hit Don’t Let Me Down, participou no início deste ano da rodada Seed de US$ 4,3 milhões da fintech brasileira Trace Finance, que opera transferências de fundos internacionais para empresas da América Latina. Eles também já investiram na Z1, um banco digital focado na geração Z.

Em 2019, a atriz brasileira Deborah Secco investiu na Singu, uma startup para manicures.

PUBLICIDAD

A atriz colombiana estrela de Modern Family Sofía Vergara e a cantora mexicana Thalía investiram no mês passado na Influur, uma plataforma com sede em Miami que conecta celebridades e criadores de conteúdo com marcas. Também em abril, o cantor colombiano Maluma anunciou que investiu na Trebel, uma plataforma de streaming de música, e que iria atuar como consultor para ajudar expandir o serviço da Trebel na América Latina.

Maluma também já investiu na proptech colombiana La Haus e na Rappi.

Em abril, o ex-jogador de basquete Emanuel Ginóbili e o ator e ativista ambiental Leonardo DiCaprio investiram na Waterplan, startup argentina que usa dados para monitorar a qualidade da água.

PUBLICIDAD

Leia também:

Por que os unicórnios brasileiros estão demitindo

Isabela  Fleischmann

Isabela Fleischmann

Jornalista brasileira especializada na cobertura de tecnologia, inovação e startups

PUBLICIDAD