Mercados

Bolsa avança junto com exterior antes de decisão de juros nos EUA e no Brasil

Cautela entre investidores ainda permanece diante das preocupações de que o aumento das taxas e da inflação leve a economia global a uma recessão

A expectativa é que tanto o Comitê de Política Monetária (Copom) quanto o Federal Open Market Committee (Fomc) elevem as taxas de juros de forma a tentar conter a forte inflação
15 de Junho, 2022 | 01:19 PM

Bloomberg Línea — As bolsas mundiais avançam nesta quarta-feira (15), apesar da cautela dos investidores à espera das decisões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos. A expectativa é de que tanto o Comitê de Política Monetária (Copom), após às 18h, quanto o Federal Open Market Committee (Fomc), às 15h, elevem as taxas de juros de forma a tentar conter a forte inflação e as expectativas.

PUBLICIDAD

Enquanto no Brasil grande parte do mercado espera um aumento de meio ponto percentual na Selic, para 13,25% ao ano, nos EUA cresceram as apostas de um aumento de 0,75 ponto percentual na taxa básica de juros, atualmente no intervalo entre 0,75% e 1%. As preocupações são as de que o aumento dos juros e a alta inflação no mundo levem a economia global a uma recessão.

Na Europa, o Banco Central Europeu realizou uma reunião emergencial para discutir o avanço dos juros de bônus em meio à perspectiva de aperto monetário na região. A autoridade monetária disse que está acelerando a criação de uma nova ferramenta para combater os saltos “injustificados” nos rendimentos dos títulos da zona do euro - o que se traduz em juros mais altos na economia -, à medida que os mercados estão tensos com a perspectiva dos primeiros aumentos das taxas em mais de uma década.

PUBLICIDAD

Por aqui, o Ibovespa (IBOV) operava em alta de 0,8% por volta das 13h10 (horário de Brasília), puxado pelos ganhos de 9% e 8,88% das ações de Natura (NTCO3) e CVC Brasil (CVCB3), respectivamente.

Do lado das perdas, lideravam as quedas as ações de CSN Mineração (CMIN3) e WEG (WEGE3), ambas com baixas da ordem de 2%.

PUBLICIDAD

Confira o desempenho dos mercados nesta quarta-feira (15):

  • O Ibovespa avançava 0,77% por volta das 13h10 (horário de Brasília), aos 102.852 pontos;
  • O dólar à vista operava estável, negociado a R$ 5,12;
  • Entre os contratos de juros futuros, o DI para 2025 cedia 17 pontos-base, a 12,87%;
  • Nos EUA, os índices avançavam: o Dow Jones subia 0,48%, o S&P 500 0,98%, enquanto o da Nasdaq 1,80%;
  • Na Europa, as bolsas também tinham alta, como é o caso do índice FTSE, do Reino Unido, que avançava 1,20%;

Leia também:

Reunião do Copom pode trazer surpresa na decisão, aponta curva de juros

Últimas BrasilBloomberg LíneaAçõesIbovespaJurosDólarCopom
Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Redatora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.

PUBLICIDAD