PUBLICIDAD
PUBLICIDAD
Mercados

Ibovespa cai com exterior em nova sessão de sell-off e à espera de IPCA

After Hours: Dia também foi de baixa para commodities, como minério de ferro e petróleo, contribuindo para queda de Vale e Petrobras

After hours
09 de Maio, 2022 | 05:31 pm

Bloomberg Línea — O Ibovespa (IBOV) iniciou a semana no vermelho, em mais uma sessão de sell-off nos mercados globais, diante das preocupações com o avanço da inflação – que tem exigido apertos monetários agressivos por parte de bancos centrais –, bem como novos sinais de desaceleração na China. O índice fechou em queda de 1,79%, aos 103.250 pontos, no menor patamar desde de janeiro. Já o dólar disparou nesta segunda, negociado a R$ 5,16.

PUBLICIDAD

Na Bolsa, as maiores baixas vieram das ações de Locaweb (LWSA3), que afundou 14,44%, a R$ 5,39, e Petz (PETZ3), que caiu 10,88% na B3, a R$ 11,80.

O dia também foi de queda para commodities como o minério de ferro, que caiu 6,2% em Qingado, e o petróleo, com baixa de 6,09% do tipo WTI para junho, negociado a US$ 103,09 o barril. O Brent recuou 6,19%, a US$ 105,43. O movimento contribuiu para a baixa de blue chips como Vale (VALE3), que recuou 4,10%, e Petrobras (PETR3; PETR4), cujas ações fecharam o pregão negociadas a R$ 34,26 e R$ 32,16, em baixa de 4,01% e 2,72%, respectivamente.

PUBLICIDAD

Os investidores domésticos já se posicionam, também, para a divulgação da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) referente ao mês de abril na quarta-feira (11), bem como para os dados do varejo referentes à março e para a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) amanhã (10).

Atenção ainda para a temporada de resultados corporativos, com os dados referentes ao primeiro trimestre de empresas como Via (VIIA3), CVC Brasil (CVCB3), Banco do Brasil (BBAS3), B3 (B3SA3), Locaweb (LWSA3), Cosan (CSAN3), entre outras.

PUBLICIDAD

Confira como fecharam os mercados nesta sexta-feira (9):

Cena externa

As ações dos Estados Unidos afundaram em uma queda generalizada nesta segunda, com queda de até 4,3% na Nasdaq, em meio à preocupação com a capacidade do Federal Reserve de domar a maior inflação em décadas sem lançar a economia em recessão.

O S&P 500 atingiu seu nível mais baixo desde março de 2021, enquanto a curva de rendimento do Tesouro se inclinou, com a diferença entre as taxas de cinco e 30 anos atingindo a maior em mais de seis semanas.

PUBLICIDAD

Os investidores estão cada vez mais preocupados com os limites da política do Fed em um momento em que as interrupções na cadeia de suprimentos representam uma ameaça significativa à inflação em meio a uma guerra devastadora na Ucrânia e aos bloqueios de covid na China.

Os dados desta segunda-feira mostraram que os consumidores dos EUA projetam preços em três anos mais altos em comparação com um mês atrás – um sinal preocupante para as autoridades que tentam manter as expectativas de longo prazo ancoradas.

PUBLICIDAD

-- Com informações da Bloomberg News

Leia também:

PUBLICIDAD

Traders amadores perdem tudo que ganharam durante a pandemia

Alice anuncia parceria com Rede Americas e passa a oferecer Hospital Samaritano

Últimas BrasilIbovespaJurosDólarBloomberg LíneaAções
Mariana d'Ávila

Mariana d'Ávila

Redatora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero, especializada em investimentos e finanças pessoais e com passagem pela redação do InfoMoney.