Tech

Musk deve baixar preço do Twitter, dizem especialistas

Projeções indicam venda da plataforma por US$ 30,86 a ação; oferta original foi de mais de US$ 54 por ação

Bilionário não descarta oferta mais baixa pela plataforma
Por Jeran Wittenstein e Yiqin Shen
17 de Maio, 2022 | 03:09 PM

Bloomberg — Uma série de mensagens confusas do bilionário Elon Musk colocaram em xeque sua aquisição do Twitter (TWTR). Mas, apesar das fortes oscilações da ação, os especialistas em fusões ainda esperam que o acordo seja aprovado – desde que o preço caia.

PUBLICIDAD

Em uma pesquisa com investidores e especialistas em fusões realizada pela Bloomberg News na segunda (16) e terça-feira (17), 11 dos 14 entrevistados disseram esperar que a venda seja realizada com desconto em relação à oferta original de US$ 54,20 por ação.

O papel chegou a subir para US$ 52,29 nos dias após o CEO da Tesla (TSLA) anunciar sua oferta em 14 de abril, mas depois despencou à medida que surgiram dúvidas se ele conseguirá e se está realmente comprometido em completar o negócio.

PUBLICIDAD

A ação afundou na sexta-feira (13), quando Musk disse que a aquisição estava “temporariamente suspensa” enquanto ele buscava mais informações sobre o número de contas falsas na plataforma.

Embora Musk mais tarde tenha afirmado que “ainda está comprometido” com a compra, o papel despencou mais na segunda-feira (16), e é negociado ao menor desconto em relação à oferta desde seu anúncio. Na terça, Musk disse que o Twitter deve provar a proporção de bots em sua plataforma para que o acordo seja concretizado.

PUBLICIDAD
  Twitter flutua com perspectiva de acordo com Muskdfd

“O Twitter não está sendo totalmente negociado como um acordo fracassado, mas muito perto disso”, disse Steve Sosnick, estrategista-chefe da Interactive Brokers. “Eu diria que, se o preço estivesse realmente refletindo um acordo fracassado – em vez de haver alguma esperança de uma renegociação – estaria ainda mais baixo do que está agora.”

Se o acordo cair por terra, o Twitter provavelmente será negociado a US$ 30,86, de acordo com a média das estimativas dos entrevistados. Isso seria 17% abaixo do preço de fechamento de segunda-feira.

Com base no preço de aquisição proposto, o mercado está precificando uma probabilidade de aproximadamente 28% de que o negócio será concluído. No entanto, esse cálculo é complicado pelas expectativas de que Musk o fará a um preço mais baixo, disseram operadores de arbitragem.

PUBLICIDAD

Posição do Twitter

As reclamações de Musk sobre a falta de transparência nas contas de spam indicam que o bilionário hesita, segundo Daniel Ives, analista da Wedbush.

Contas falsas “não são um problema novo e são provavelmente mais um bode expiatório para pressionar por um preço mais baixo”, disse ele.

PUBLICIDAD

Musk levantou a ideia de renegociar o acordo em uma conferência em Miami na segunda-feira, mas ele pode não ter muita alavancagem sob o acordo atual, segundo Brian Quinn, professor associado da Boston College Law School especializado em fusões corporativas.

“O vendedor tem uma posição extremamente forte para negociar ou não negociar se não quiser”, disse Quinn em entrevista.

PUBLICIDAD

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Investidores estão com dinheiro em caixa no maior nível desde o 11 de Setembro

Elon MuskÚltimas BrasilTwitter
PUBLICIDAD