PUBLICIDAD
PUBLICIDAD
Mercados

Ações da Ásia devem acompanhar ganhos das Bolsas americanas

Futuros subiam no Japão, Austrália e Hong Kong, após o S&P 500 ampliar recuperação de seu nível mais baixo em mais de um ano

Consumidores dos EUA ainda esperam que o choque inflacionário seja temporário
Por Andreea Papuc
26 de Maio, 2022 | 07:44 pm

Bloomberg — As ações na Ásia podem ser impulsionadas na sexta-feira pela recuperação de Wall Street, depois que dados sugeriram que a economia dos Estados Unidos ainda permanece resiliente, apesar das pressões inflacionárias.

PUBLICIDAD

Os futuros subiam no Japão, Austrália e Hong Kong. O S&P 500 ampliou a recuperação de seu nível mais baixo em mais de um ano depois que varejistas como a Macy’s elevaram as previsões. O Nasdaq 100, pesado em tecnologia, ganhou mais de 2%.

Os rendimentos do Tesouro estavam estáveis e o dólar despencou com os traders evitando refúgios seguros com o sentimento de risco melhorado. O petróleo foi impulsionado pela ampla recuperação do mercado e por sinais de declínio nos estoques dos EUA.

PUBLICIDAD

Os esforços da China para equilibrar os controles da covid e o crescimento econômico permanecerão em foco, à medida que os investidores buscam medidas políticas concretas para reviver a economia atingida por bloqueios.

As ações globais devem encerrar sete semanas de quedas que tornaram valuations atraentes e atraíram os investidores de volta a um mercado ainda sombreado por preocupações com inflação e taxas de juros mais altas, as perspectivas econômicas pessimistas da China e a guerra na Ucrânia.

PUBLICIDAD

“Embora este tenha sido um rali de ‘sobrevenda’ esperado e muito falado, a base para a alta de hoje do mercado sugere que a desgraça e a tristeza da semana passada sobre o importante consumidor dos EUA podem ter sido exageradas”, disse Quincy Krosby, estrategista-chefe de ações na LPL, à Bloomberg News.

As fortes opiniões dos varejistas proporcionaram algum alívio aos investidores depois que os gigantes Walmart (WMT) e Target (TGT) cortaram suas perspectivas na semana passada, provocando uma liquidação do setor. Os consumidores dos EUA ainda esperam que o choque inflacionário seja temporário e que os ganhos de preços sejam baixos e estáveis no longo prazo, de acordo com um relatório do Federal Reserve de Nova York.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDAD

Leia também

O inverno chegou: unicórnios VTEX e Bitso fazem demissão em massa

Biden inicia ofensiva contra frigoríficos para tentar frear inflação nos EUA

Últimas Brasil