Internacional

AO VIVO: Putin diz que conversações com Kiev estão ‘em um beco sem saída’

Ucrânia espera que a Rússia amplie ofensiva esta semana na região leste de Donbas, que foi parcialmente ocupada

Número de pessoas que retornam à Ucrânia do exterior saltou para cerca de 30 mil por dia, de acordo com Andriy Demchenko, porta-voz do Serviço de Guarda de Fronteiras do Estado
Por Bloomberg News
12 de Abril, 2022 | 07:10 PM

Bloomberg — O presidente Vladimir Putin disse que as negociações de paz com a Ucrânia estão paralisadas e prometeu continuar sua “operação militar” no país, mesmo chamando o conflito de “uma tragédia”.

PUBLICIDAD

Não houve nenhuma palavra de progresso nas negociações em um nível mais baixo depois que a Ucrânia acusou tropas russas de cometer crimes de guerra em cidades do norte como Bucha, matando civis desarmados. Isso ocorre quando os EUA prevêem “uma fase mais prolongada e muito sangrenta” do conflito, especialmente na região leste de Donbas.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy novamente pediu mais sanções da União Europeia à Rússia para incluir o petróleo, bem como a todos os bancos. A Ucrânia espera que a Rússia amplie sua ofensiva esta semana na região leste de Donbas, que foi parcialmente ocupada por autoproclamadas repúblicas separatistas. Putin descreveu os objetivos da Rússia como proteger as pessoas de lá.

PUBLICIDAD

Confira mais atualizações no horário de Brasília:

Biden diz que Putin cometeu ‘genocídio’ (19h)

Biden, em comentários sobre a inflação nos EUA que ele atribui parcialmente a Putin, acusou o líder russo de cometer genocídio na Ucrânia. O presidente, falando em uma viagem ao Iowa na terça-feira, horas depois que o Departamento do Trabalho divulgou o último relatório de preços ao consumidor, disse: “Seu orçamento familiar, sua capacidade de encher seu tanque, nenhum de nós deve depender de um ditador declarar guerra e cometer genocídio a meio mundo de distância.”

PUBLICIDAD

O Conselho de Segurança Nacional dos EUA não fez comentários imediatos na tarde de terça-feira. Em um discurso em Varsóvia no mês passado, Biden provocou furor quando disse que Putin “não pode permanecer no poder”, o que é contrário à política americana estabelecida. Mais tarde, o presidente e seus assessores disseram que a observação de Biden não refletia um pedido de mudança de regime. Até o momento, Biden teve o cuidado de evitar chamar o que está acontecendo na Ucrânia de genocídio.

Macron diz que Putin é paranóico e não vai parar ataques (17h56)

O presidente francês Emmanuel Macron disse à revista Le Point que a decisão de Vladimir Putin de atacar a Ucrânia derivou de ressentimento e paranóia anti-Ocidente. A covid-19 exacerbou o sentimento de isolamento de Putin, segundo Macron.

“Ele se viu em Sochi por meses, se trancou, teve menos contato com outros pensamentos”, disse Macron, prevendo que Putin não interromperá seus ataques e precisa de uma vitória militar antes de 9 de maio, dia em que a Rússia marca sua vitória na Segunda Guerra Mundial. O líder francês salientou que vai continuar a falar com o seu homólogo russo para o alertar sobre os perigos de continuar o ciclo de violência.

PUBLICIDAD

Presidente alemão não é bem-vindo em Kiev (14h36)

O presidente alemão Frank-Walter Steinmeier planejava visitar Kiev em um gesto de solidariedade ao governo ucraniano, mas não foi recebido, segundo o Bild.

Steinmeier foi criticado por autoridades ucranianas por seu apoio anterior ao gasoduto Nord Stream 2 da Rússia para a Alemanha. Em uma rara admissão, o ex-ministro das Relações Exteriores disse em uma entrevista na TV neste mês que ele e outras autoridades alemãs falharam em sua política em relação à Rússia e ao presidente Vladimir Putin nas últimas duas décadas.

PUBLICIDAD

Putin diz que as negociações de paz estão em ‘beco sem saída’ (11h45)

A “operação militar” está indo “de acordo com o plano”, disse Putin em entrevista coletiva conjunta com o presidente de Belarus, Alexander Lukashenko. Em seus primeiros comentários públicos sobre as atrocidades relatadas em Bucha, ele disse que as alegações de que a Rússia seria responsável são “falsas”.

Putin também acusou a Ucrânia de recuar em concessões anteriores. O governo em Kiev diz que não mudou sua posição e, por sua vez, culpa a Rússia pela falta de progresso.

PUBLICIDAD

A economia da Rússia resistiu às sanções “blitzkrieg”, disse Putin, citando a recuperação da taxa de câmbio do rublo. Mas ele admitiu que os sistemas de logística e pagamento continuam sendo uma fraqueza e o impacto a longo prazo pode ser mais doloroso.

Opep vê guerra reduzindo oferta e demanda de petróleo (11h22)

O secretário-geral da Opep, Mohammad Barkindo, disse à União Europeia na segunda-feira que o mercado de petróleo está fora de seu controle. O comentário do cartel sugere que ele vê pouca necessidade de se desviar de sua atual política de produção.

PUBLICIDAD

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo cortou as previsões para o consumo global de petróleo em 2022 em 410 mil barris por dia, de acordo com seu último relatório mensal. Ao mesmo tempo, reduziu as projeções para suprimentos de fora do cartel em 330 mil barris por dia, com a produção da Rússia agora em 530 mil barris por dia abaixo das estimativas anteriores.

Banco Mundial anuncia US$ 1,5 bilhão para a Ucrânia (10h19)

O Banco Mundial está preparando US$ 1,5 bilhão para a Ucrânia manter os serviços governamentais essenciais durante a guerra, disse o presidente da instituição, David Malpass, em Varsóvia.

PUBLICIDAD

Doadores e países receptores aprovaram US$ 1 bilhão para a Ucrânia e US$ 100 milhões para a Moldávia, segundo Malpass. O desembolso faz parte de até US$ 3 bilhões que o Banco Mundial prometeu em financiamento para a Ucrânia após a invasão da Rússia.

Número de pessoas que retornam à Ucrânia aumenta (7h30)

O número de pessoas que retornam à Ucrânia do exterior saltou para cerca de 30 mil por dia, de acordo com Andriy Demchenko, porta-voz do Serviço de Guarda de Fronteiras do Estado.

PUBLICIDAD

Enquanto nos primeiros dias da guerra a maioria dos homens voltava para a Ucrânia, agora há mais mulheres, idosos e crianças retornando, disse Demchenko em um vídeo. A Agência das Nações Unidas para os Refugiados estima que mais de 4,3 milhões de refugiados fugiram do país após o início da guerra, com cerca de 7,1 milhões deslocados internamente.

Putin diz que conflito com o Ocidente é inevitável (6h30)

Falando a trabalhadores do Extremo Oriente da Rússia, Putin disse que o conflito com o Ocidente é inevitável e que o país é grande demais para ser isolado do resto do mundo.

PUBLICIDAD

As sanções ocidentais impostas pela invasão da Ucrânia não impedirão Moscou de desenvolver esforços de exploração espacial, acrescentou, prometendo retomar o programa lunar do país. Ele também deve manter conversas com o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko.

Humor do investidor alemão se deteriora (6h)

A confiança na recuperação econômica da Alemanha caiu pelo segundo mês, com os investidores temendo que os picos de preços causados pela guerra na Ucrânia reduzirão a produção.

O indicador de expectativas do instituto ZEW caiu para -41 em abril, de -39,3 no mês anterior, atingindo o nível mais baixo desde que a pandemia de covid-19 começou no início de 2020. Um índice das condições atuais também piorou. “Os especialistas estão pessimistas sobre a atual situação econômica e supõem que ela continuará a se deteriorar”, disse o presidente da ZEW, Achim Wambach, nesta terça-feira (12), em um comunicado.

Zelenskiy repete pedido de sanções ao petróleo (5h45)

“Algumas decisões muito poderosas devem ser tomadas e devem ser tomadas agora com o sexto pacote de sanções”, disse Zelenskiy em um discurso ao parlamento lituano, referindo-se às medidas da UE contra a Rússia.

Ele alertou que, se o ataque da Rússia à Ucrânia não for repelido, a Europa poderá enfrentar ameaças de segurança contra nações como Polônia, Geórgia, Moldávia e os países bálticos.

Eslováquia entrega caças para a Ucrânia (5h35)

O governo eslovaco sinalizou que está considerando doar sua frota de caças MiG da era soviética para a Ucrânia, informou o jornal Sme, citando uma entrevista com o primeiro-ministro Eduard Heger.

“Se este equipamento deve ser útil em algum lugar, então é na Ucrânia”, disse Sme, citando Heger. Os países europeus estão tentando aumentar os envios de armas para a Ucrânia em meio a preocupações de que as sanções à Rússia sejam insuficientes para forçar Moscou a encerrar a guerra.

Ucrânia diz que frustrou ataque cibernético (5h30)

A Ucrânia disse que impediu um ataque cibernético em sua infraestrutura de energia este mês que aparentemente foi lançado por Sandworm, um grupo de hackers ligados à agência de inteligência militar da Rússia.

A Microsoft e a ESET ajudaram a repelir o ataque, no qual os hackers tentaram desativar as instalações de energia usando o malware Industroyer2 e CaddyWiper, disse a agência de telecomunicações do país.

Índia planeja aumentar as exportações para a Rússia (10h10)

A Índia está planejando aumentar as exportações para a Rússia em mais US$ 2 bilhões à medida que as duas nações trabalham fora um sistema de pagamento em moedas locais para dar continuidade ao comércio bilateral, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

O governo do primeiro-ministro Narendra Modi está conversando com Moscou para liberar o acesso ao mercado para vários produtos fabricados na Índia, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas, pois as negociações são privadas. Isso ocorre enquanto os dois governos trabalham em uma proposta para liquidar o comércio em rúpias e rublos e procuram maneiras de equilibrar o comércio, já que a Índia é um importador líquido de mercadorias russas.

Inflação na Ucrânia dispara (4h30)

A Ucrânia viu um rápido aumento nos preços de alimentos básicos, medicamentos e combustível no mês passado, quando a invasão da Rússia interrompeu as cadeias de suprimentos e complicou o acesso às importações, de acordo com o banco central do país.

Os custos de combustível aumentaram 30% em relação ao ano anterior devido ao aumento dos preços nos mercados globais e ao direcionamento da Rússia para as instalações de armazenamento de petróleo da Ucrânia, embora o governo tenha descartado as vendas e os impostos sobre o combustível para ajudar a aliviar a carga sobre os consumidores. A inflação anual acelerou para 13,7% de 10,7% em fevereiro.

Ameaça militar significativa da Rússia, dizem os finlandeses (1h23)

Cerca de 84% dos finlandeses acreditam que a Rússia representa uma ameaça militar significativa, de acordo com uma pesquisa do Fórum Finlandês de Negócios e Políticas EVA, com o governo pronto para iniciar um processo que pode culminar em um pedido de adesão à Otan.

Em 2005, menos de um em cada três no país nórdico com uma fronteira de 1.300 quilômetros (800 milhas) com a Rússia considerou Moscou uma grande ameaça. A mudança ajuda a explicar por que os finlandeses agora apoiam a adesão à Otan, com o governo visto inclinando-se a um pedido dentro de semanas.

Danos da guerra chegam a US$ 270 bilhões, diz ministro (22h10)

Os danos da guerra na infraestrutura da Ucrânia são estimados em US$ 270 bilhões, disse o ministro das Finanças, Serhiy Marchenko, ao Financial Times. Cerca de sete mil edifícios residenciais foram danificados ou arruinados, cerca de 30% das empresas ucranianas pararam de operar e o consumo de eletricidade caiu 35%, disse o ministro.

Apesar disso, a Ucrânia planeja continuar pagando sua dívida e espera evitar a reestruturação de empréstimos, disse ele. No mês passado, o país pagou US$ 292 milhões em um eurobônus denominado em dólar com vencimento em setembro.

“Muitos políticos nos aconselham a falar sobre reestruturação, mas essa não é nossa política”, disse ele, acrescentando que a Ucrânia espera acessar financiamento e continuar a emitir dívida externa.

Últimas BrasilUcrâniaRússia
PUBLICIDAD