Estilo de vida

Bulgari faz relógio mais fino do mundo, com NFT, por € 400 mil

Sete recordes para relógios ultrafinos foram alcançados pela Bulgari ao longo de um período de oito anos, começando em 2014

Relógio Octo Finissimo Skeleton, por R$ 243 mil
Por Jack Forster
09 de Abril, 2022 | 11:53 AM

Bloomberg — É difícil acreditar que a coleção Octo Finissimo da Bulgari só existe desde 2014 – são apenas oito anos e, no entanto, a coleção se tornou, em menos de uma década, a pedra angular da relojoaria fina na Bulgari, e tão fortemente identificada com a marca quanto o Royal Oak da Audemars Piguet, ou o Nautilus da Patek Philippe (ou o Speedmaster da Omega, ou o Submariner da Rolex, até certo ponto).

PUBLICIDAD

Nesses oito anos, o objetivo da empresa para a coleção Finissimo foi quebrar e estabelecer recordes na relojoaria ultrafina. Sete recordes para relógios ultrafinos foram alcançados ao longo de um período de oito anos, começando em 2014, durante os quais a Bulgari apresentou o modelo com turbilhão mais fino do mundo, com repetidor de minutos, relógio de corda automática, turbilhão de corda automática, cronógrafo (que também era de corda automática com segundo fuso horário), cronógrafo turbilhão e calendário perpétuo.

Relógio Octo Finissimo Automatic, de R$ 143 mildfd

Agora, uma das coisas que você notará que está faltando visivelmente nesta lista é simplesmente um recorde para o relógio mais fino do mundo, ponto final. Até agora, esse recorde foi mantido pelo relógio Piaget Altiplano Ultimate Concept. O Piaget AUC, lançado em 2018, tem apenas dois milímetros de espessura, no total, e atinge essa altura extremamente reduzida usando a caixa do próprio relógio como placa principal. Isso elimina a necessidade de um movimento separado - o relógio inteiro é o movimento, de fato, e o mostrador fica no mesmo plano que o trem de engrenagens, o tambor da mola principal e as engrenagens sem chave. Para tornar a caixa o mais rígida possível para sua altura mínima, a Piaget usou uma liga de cobalto, M64BC, que possui uma alta porcentagem de cromo e molibdênio além de cobalto.

PUBLICIDAD

O relógio Piaget Altiplano Ultimate Concept

Sempre pensei que o Piaget AUC representasse a última palavra em achatar um relógio, e é uma experiência surreal manuseá-lo – uma das melhores descrições que já li foi de um leitor do HODINKEE que disse que se parece menos com um relógio e mais com uma fotocópia de um relógio - o que eu entendo como um baita de um elogio. Mas é claro que assim que um recorde é estabelecido na relojoaria, alguém tenta quebrá-lo, e agora, a Bulgari anunciou o Octo Finissimo Ultra, que tem apenas 1,80 mm de espessura.

O relógio usa a mesma estratégia básica que a Piaget usou para o AUC, que é condensar ao máximo possível todos os componentes no mesmo plano e, em particular, usar a parte de trás da caixa também como placa de movimento. Todo o trem em movimento é, portanto, visível e, ao contrário do AUC, domina grande parte do espaço aparente, com o grande barril de mola principal ancorando a composição no canto superior esquerdo. O tambor da mola principal é decorado com um QR code, gravado com destaque na tampa do tambor, que, quando digitalizado, leva a um vídeo sobre o relógio com um NFT anexado, que o torna específico para esse relógio em particular, além de outros atributos. Acho que nunca vi um NFT implementado assim no mundo dos relógios antes, e certamente não com um uso tão direto e inconfundível de um QR code como elemento decorativo.

PUBLICIDAD

A caixa do relógio – que, mais uma vez, é integrada ao movimento como uma placa de movimento – tem três partes, com um bezel e um meio de caixa de titânio e uma placa traseira/principal feita de carboneto de tungstênio. O carboneto de tungstênio é extremamente rígido e muito mais difícil de usinar do que os metais convencionais da caixa de relógio – na verdade, é tão difícil que na maior parte das vezes é usado como peça de ferramentas de corte. Neste caso, foi escolhido por sua resistência geral, mas especialmente por sua rigidez, pois qualquer flexão da caixa poderia fazer com que os dentes da engrenagem e os pinhões se prendessem o suficiente para parar o relógio. (O carboneto de tungstênio é cerca de duas vezes mais rígido que o aço inoxidável). Devido à sua dureza, a parte de carboneto de tungstênio da caixa é usinada a laser. As pontes de movimento, por outro lado, são construídas com materiais tradicionais de relojoaria. A pulseira integrada também é de titânio e tem apenas metade da espessura de uma pulseira Octo Finissimo padrão.

Relógio Octo Finissimo Skeleton, de R$ 243 mildfd

O relógio foi criado em parceria com a Concepto, que é vanguardista em termos de desenvolvimento de movimentos intricados e, como o diretor executivo de criação de produtos da Bulgari, Fabrizio Buonamassa Stigliani, disse ao HODINKEE durante uma apresentação no Zoom na semana passada, chegar a um design finalizado foi um árduo processo. A ideia básica de usar a caixa do relógio como placa de movimento era indispensável, mas Stigliani diz que quando o primeiro design foi apresentado pela Concepto, “o único problema era que parecia outro relógio!” (Presumivelmente, como o Altiplano AUC).

Stigliani diz que depois disso Bulgari e Concepto recomeçaram o trabalho, com uma folha de papel em branco. “Não somos obrigados a deixá-lo redondo, não somos obrigados a ter três mãos”, comentou. Após repetidas rodadas de revisão, a Concepto conseguiu – o movimento se encaixa na abertura redonda do mostrador, mas com dois recortes à direita para as bordas dos submostradores de horas e minutos, e com os eixos centrais do corpo da mola principal, balanço e dois submostradores nos cantos de, se não um quadrado exato, pelo menos um polígono de quatro lados.

PUBLICIDAD

A placa traseira/placa de movimento é fresada a partir de uma única peça de carboneto de tungstênio e tem uma espécie de contorno retangular arredondado. Ela se encaixa diretamente na parte inferior do gabinete, que também carrega as alças. Entre a parte inferior da caixa e a moldura, há uma gaxeta muito fina e, finalmente, o próprio bezel, no qual é afixado o cristal de safira superior. A caixa inteira é uma sobreposição de quatro camadas: caixa inferior (que é uma espécie de moldura inferior, de certa forma), o fundo da caixa/placa de movimento, a gaxeta e, finalmente, o bezel propriamente dito. As folgas, como você pode esperar, são extremamente justas – o cristal tem apenas 0,3 mm de espessura e a folga entre a parte inferior do cristal e os ponteiros é de 0,1 mm. Como medida de segurança, existem dois amortecedores redondos de silicone sob o mostrador (às 3:00 e 6:00, conforme se lê no tambor da mola principal) que impedem que a parte inferior do cristal entre em contato com o movimento caso se aplique uma pressão indevida.

A roda de balanço tem uma mola plana (as molas em espiral são boas do ponto de vista cronométrico e artesanal, mas aumentam a altura e não são encontradas como regra em relógios extraplanos). Também não há índice de regulador - o ajuste fino do balanço é cortesia de pesos de aro de ouro ajustáveis. A roda de balanço oscila sob uma ponte de equilíbrio de três braços, com um suporte de pino integrado à curva terminal da mola de equilíbrio. Essa ponte também foi projetada para atuar como um sistema anti-choque para o balanço, substituindo o usual arranjo de quatro mancais (dois rolamentos mais mancais do pivô) e molas de choque – outra estratégia para reduzir a altura. A ponte é muito semelhante à carcaça superior do Octo Finissimo Tourbillon (embora nesse caso haja um sistema anti-choque).

PUBLICIDAD

O escape é um escape de alavanca, mas com algumas modificações – especificamente, o rolete de segurança (uma espécie de cubo de metal que se encaixa sobre o próprio bastão de equilíbrio, como uma roda em um eixo, e que impede o destravamento da alavanca se o relógio sofrer um choque) e o pino de proteção (que interage com o rolete de segurança) foram omitidos, o que permite que o conjunto do escape seja mais fino.

Não há coroa convencional, o que produz uma economia adicional de espaço no movimento, pois as engrenagens sem chave não são necessárias, nem o mecanismo de embreagem que permite que uma coroa padrão dê corda na mola principal ou ajuste os ponteiros, dependendo da posição da coroa. Em vez disso, existem duas rodas horizontais serrilhadas separadas – botões mais ou menos achatados – colocados no flanco da caixa. O da direita ajusta os ponteiros e o da esquerda, por volta das 8 horas, dá corda no cano da mola principal. Não há posição neutra ou 2ª coroa para o botão de ajuste, então as rodas motrizes dos ponteiros são separadas do trem em movimento por um diferencial – dessa forma, o ajuste dos ponteiros não interfere na rotação do trem. Bem ao lado do botão e visível às 3:00 no movimento, há uma pequena roda com trava - está lá não apenas para evitar que o botão de configuração seja girado para o lado errado, mas também para fornecer feedback tátil quando você estiver configurando a hora (e para evitar que o botão se mova acidentalmente, pois não há posição neutra).

PUBLICIDAD

Apesar dos feitos de engenharia do Octo Finissimo Ultra (há oito patentes pendentes), há partes do mecanismo que, a meu ver, parecem muito tradicionalmente executadas. Isso inclui o uso do que parecem ser rodas dentadas modificadas e travas adjacentes às rodas de corda e ajuste. Há também uma mola de clique e de aparência muito tradicional na própria roda de catraca do cano da mola principal, embora em um design mais retilíneo do que você encontraria em um relógio de design tradicional. A estrutura de aço do Ultra também tem um polimento e uma anglage muito tradicionais.

Cada relógio ultrafino representa uma dificuldade, e essa dificuldade é conciliar de alguma forma a extrema planicidade com um grau razoável de precisão e confiabilidade. A ideia básica de usar a caixa do relógio como placa de movimento remonta ao turbilhão automático da Audemars Piguet, calibre 2870, de 1986, e a Concord usou a mesma ideia em seus relógios Delirium, assim como a Omega em seu ultrafino Dinosaure (ambos quartzo). O movimento mais plano construído como um mecanismo separado da caixa, com uma arquitetura mais ou menos convencional para a placa principal e pontes, ainda hoje é o do calibre 849 da Jaeger-LeCoultre, com 1,85 mm de espessura, e o Vacheron Constantin cal. 1003, que tem o mesmo design básico, mas vem em 1,64 mm.

PUBLICIDAD

Houve relógios mais finos e movimentos mais finos – o quartzo Delirium mais fino tinha apenas 0,95 mm de espessura e é, se não me engano, o relógio mais fino já feito. Na década de 1920 a Vacheron produziu o calibre 10726, que era um movimento de relógio de bolso, com apenas 0,90 mm. Tanto o calibre do Delirium quanto o calibre do Vacheron, no entanto, eram extremamente frágeis e pouco práticos (a Vacheron fez apenas três exemplares do calibre 10726 e depois desistiu).

Isso não quer dizer que o Bulgari Octo Finissimo Ultra seja um relógio destinado a qualquer coisa que se assemelhe remotamente a uma ampla distribuição – a Bulgari está fazendo dez deles, em uma série limitada, e Fabrizio Buonamassa Stigliani diz que foi de longe o projeto mais difícil que já empreenderam. Ele também diz que o relógio provavelmente poderia ter sido mais fino, mencionando 1,50 mm no geral como uma possibilidade, mas que isso traria o risco de sacrificar um nível aceitável de praticidade.

PUBLICIDAD

Eu sei que já pensei isso antes, e Deus sabe que se a produção da Bulgari nos últimos oito anos nos ensinou alguma coisa é que não se deve fazer nenhum tipo de suposição sobre a recordes insuperáveis, mas é muito difícil imaginar alguém superando o Ultra por um recorde no relógio mecânico mais fino de todos os tempos e, além do direito de me gabar, não consigo imaginar porque alguém se daria ao trabalho de encarar esse desafio no momento.

Acho que o Ultra, para um relógio que poderia facilmente acabar parecendo apenas um exercício técnico em que a estética ficou em segundo plano em relação às considerações de engenharia, acaba sendo extremamente bem-sucedido do ponto de vista do design – o layout geral do movimento dá a ele um profundidade visual que parece implausível, se não impossível, dada a planicidade do relógio. É certamente uma forma magnífica de coroar os oito anos da iniciativa mais notável na relojoaria ultrafina desde os relógios de bolso tipo “canivete” da década de 1920 - e me faz pensar (de novo) o que a Bulgari tem na manga para seu próximo lançamento. A única coisa que sinto que posso dizer com certeza é que será algo que eu não esperava.

PUBLICIDAD

Bulgari Octo Finissimo Ultra: caixa de 40 mm de titânio jateado e placa de carboneto de tungstênio com tratamento DLC antracito (1,80 mm de espessura); contadores de horas e minutos, ponteiros pretos tratados com PVD; à prova d’água até 1 ATM (10 metros).

Movimento mecânico de corda manual de fabricação ultrafino – BVL Calibre 180 (1,50 mm de espessura). Coroa e temporização em aço inoxidável; segundos são exibidos diretamente na quarta roda; roda de catraca gravada com QR code exclusivo que se conecta a uma obra de arte exclusiva NFT. Reserva de potência de 50 horas; Frequência de 28.800 VPH (4 Hz). Pulseira de titânio ultrafina com fecho dobrável integrado.

PUBLICIDAD

Oito patentes pendentes; relacionados à montagem do cristal do relógio, estrutura do barril, módulo oscilador, display diferencial, estrutura modular, pulseira, placa central/fundo da caixa bimetálica, bem como a tecnologia Bvlgari Singvlarity.

Edição limitada de 10 peças, em todo o mundo. Preço, € 400.000.

A Hodinkee é o principal recurso para entusiastas de relógios de pulso modernos e vintage. Por meio de análises detalhadas, relatórios ao vivo e vídeos dinâmicos, a Hodinkee está levando os relógios para um público do século XXI.

– Esta notícia foi traduzida por Marcelle Castro, localization specialist da Bloomberg Línea.

Veja mais em bloomberg.com

Leia também

Últimas BrasilEstilo de vidaluxo
PUBLICIDAD