Green

China vai dobrar número de painéis solares após recorde no ano passado

Meta do país é implementar 1.200 gigawatts combinados até 2030, mas ritmo acelerado mostra que provavelmente isso deve acontecer antes

China possui hoje a maior carga de energia renovável do mundo
Por Bloomberg News
30 de Maio, 2022 | 10:23 AM

Bloomberg — A China vai adicionar energia solar suficiente este ano para quase dobrar a quantidade recorde de instalações do ano passado, reflexo dos esforços para garantir energia limpa no país.

PUBLICIDAD

O país deve adicionar 108 gigawatts de energia solar à rede este ano, acima dos 54,88 gigawatts de 2021, informou a estatal CCTV nesta segunda-feira (30), citando a Administração Nacional de Energia (NEA). Existem 121 gigawatts de projetos solares atualmente em construção, segundo informações da NEA.

Atualmente, a China possui a maior frota de energia renovável do mundo, com 323 gigawatts de energia solar e 338 gigawatts de energia eólica. O presidente do país, Xi Jinping, tem como meta implementar 1.200 gigawatts combinados até 2030, mas o ritmo atual mostra que o país provavelmente atingirá a meta anos antes.

PUBLICIDAD

– Esta notícia foi traduzida por Melina Flynn, Content Producer da Bloomberg Línea.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDAD

Leia também

China: surto de covid diminui e restrições são afrouxadas

Petróleo Brent toca os US$ 120 após China reduzir restrições a covid

Últimas BrasilChinaESG
PUBLICIDAD