Mercados

Cinco coisas que você precisa saber para começar o dia

Da nova aquisição de Elon Musk à agenda de indicadores americanos, confira o que será destaque ao longo desta terça-feira (26)

Elon Musk nuevo propietario de Twitter
Por Eddie van del Walt
26 de Abril, 2022 | 10:06 AM

Bloomberg — O empresário Elon Musk finalmente comprou o Twitter depois de um longo “namoro”. Enquanto isso, o ministro de Relações Exteriores da Rússia disse que existe uma séria possibilidade de uma guerra nuclear na Ucrânia. Na Europa, as bolsas sobem nesta terça-feira (26), e o dia promete ser agitado para a agenda de indicadores americanos.

PUBLICIDAD

1. Mensagem privada

O empresário multimilionário Elon Musk concordou em comprar o Twitter (TWTR) por US$ 44 milhões. Os investidores vão receber US$ 54,20 por cada ação que possuem, uma aumento de 38% em comparação às ações de 1º de abril, um dia antes de Musk adquirir grande participação na empresa. Musk disse que a rede social tem um “enorme potencial” e que deseja desbloqueá-lo. Jeff Bezos, da Amazon (AMZN), sugeriu que a aquisição pode dificultar a vida da Tesla na China.

2. Guerra nuclear

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguéi Lavrov, disse que existe uma “séria e real” possibilidade de uma guerra nuclear na Ucrânia, devido ao fato do Kremlin estar em disputa com os Estados Unidos para tentar resolver o confronto. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, convocou os cidadãos a fazer o possível para que a presença das tropas russas em seu país seja “insuportável”, declarando que Moscou não ganhará a guerra.

PUBLICIDAD

3. Pesquisa MLIV

As ações de valor – aquelas que parecem baratas em relação ao desempenho financeiro da empresa – superarão as ações de crescimento no restante de 2022, de acordo com mais de 70% dos entrevistados na mais recente pesquisa MLIV Pulse. Isso marcaria uma reviravolta, já que as ações de valor tiveram um desempenho inferior às ações de crescimento desde a grande crise financeira. Mas, à medida que os rendimentos dos títulos aumentam, ações de crescimento como tecnologia, que são altamente correlacionadas com vencimentos longos, tornam-se menos desejáveis, de acordo com a enquete semanal MLIV Pulse, da Bloomberg.

4. Bolsas europeias em alta

As ações europeias subiam depois da promessa da China de aumentar o apoio à política monetária para a economia atingida pela covid, com os investidores também aguardando uma série de relatórios de resultados de algumas das maiores empresas da região. O Stoxx Europe 600 subia perto 0,9% às 5h30, horário de Nova York, liderado por empresas de mineração e seguros. Os futuros de ações dos EUA caíram após o fechamento de segunda-feira (25), antes dos resultados da Big Tech. Os rendimentos do Tesouro caíram e o dólar ficou estável. O petróleo caiu e o Bitcoin subiu um pouco.

PUBLICIDAD

5. Também hoje...

A terça-feira (26) será um dia agitado no que diz respeito a dados e indicadores econômicos, começando com dados preliminares de bens duráveis dos EUA para março às 8h30. Os dados de habitação da FHFA e S&P CoreLogic Case-Shiller, que mede as mudanças nos valores do mercado de habitação residencial americano para fevereiro serão divulgados às 9h, e a confiança do consumidor, vendas de novas casas e o índice de manufatura do Fed de Richmond serão divulgados às 10h. Várias grandes empresas estão programadas para divulgar resultados hoje, incluindo PepsiCo, 3M, Alphabet, Microsoft, Visa, UPS, General Motors e Texas Instruments. Por fim, os leilões de títulos de hoje incluem US$ 48 bilhões em títulos do Tesouro de 2 anos às 13h no horário de Nova York.

– Esta notícia foi traduzida por Melina Flynn, Content Producer da Bloomberg Línea.

PUBLICIDAD

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

PUBLICIDAD

Mercados internacionais descompassados em dia de balanços e macro forte

Como o outono seco no Brasil deve afetar o abastecimento mundial de comida

Últimas BrasilMercados
PUBLICIDAD