PUBLICIDAD
PUBLICIDAD
Mercados

Mercados asiáticos abrem com investidores cautelosos com juro nos EUA

Rendimentos dos títulos do Tesouro americano subiram na véspera e limitaram avanço de ações nos EUA na segunda

Pedestres no centro de Hong Kong: semana começa com alta de ações de empresas chinesas
Por Andreea Papuc
06 de Junho, 2022 | 09:29 pm

Bloomberg Línea — Ações na Ásia sinalizam uma abertura próxima da estabilidade nesta manhã de terça-feira (7), noite de segunda-feira (6) no Ocidente. Na abertura da semana, um salto nos rendimentos dos títulos do Tesouro limitaram os ganhos dos principais índices de ações, como o S&P 500 (+0,31%) e Nasdaq (+0,40%).

PUBLICIDAD

Os yields dos Treasuries com vencimento em 5 e 10 anos superaram a marca de 3% pela primeira vez desde meados de maio, com investidores se posicionando dias antes da divulgação do importante indicador de inflação ao consumidor em maio, o CPI, na sexta-feira (10). O dólar reagiu e se fortaleceu.

A alta reflete a avaliação de investidores de que o ciclo de alta dos juros nos Estados Unidos, promovido pelo Federal Reserve, será duradouro e levará a taxa - atualmente no intervalo entre 0,75% e 1% - a patamares mais elevados.

PUBLICIDAD

No Japão, os futuros subiram com a queda do iene para o menor nível em 20 anos, em razão do aumento do diferencial de juros para a economia americana.

Nesta segunda, ações de empresas chinesas listadas em bolsas americanas tiveram forte valorização, para o maior patamar desde abril, em meio a rumores de que o cerco regulatório de Pequim pode ser amenizado. Os ADRs (recibos de ações chinesas) da DiDi, gigante de app de transporte, dispararam 24,32%.

PUBLICIDAD

Neste início de sessão da terça-feira, os futuros dos principais índices americanos operam com estabilidade.

Leia também:

Ressaca da bolsa: Empiricus corta 12% do pessoal em demissão coletiva

Metade dos millennials dos EUA que ganham R$ 1,2 mi por ano vive sem poupar

Últimas BrasilMercadosAçõesAsia