Negócios

Netflix demite 150 funcionários após perda de assinantes

A companhia empregava mais de 11.000 pessoas no final do ano passado, de acordo com dados compilados pela Bloomberg

As ações da Netflix acumulam perdas de mais de 70% em relação à máxima intradiária de US$ 700,99 em novembro de 2021
Por Carly Wanna
17 de Maio, 2022 | 04:36 PM

Bloomberg — A Netflix (NFLX) anunciou nesta terça-feira (17) que está demitindo cerca de 150 funcionários, consequência da surpreendente queda no número de clientes que a empresa de streaming informou no mês passado.

PUBLICIDAD

Nosso crescimento lento de receita significa que também estamos tendo que diminuir nosso crescimento de custos como empresa”, disse a Netflix em comunicado por e-mail. “Infelizmente, estamos demitindo cerca de 150 funcionários hoje, a maioria dos EUA.”

As demissões seguem a perda inesperada de 200.000 assinantes no primeiro trimestre e uma previsão de perda de outros 2 milhões no trimestre atual. No final do mês passado, a Netflix demitiu vários funcionários do Tudum, site que promove filmes e programas de TV para o serviço de streaming, como parte de uma reestruturação mais ampla de seu departamento de marketing.

PUBLICIDAD

As ações da Netflix subiam cerca de 2,6% em Nova York na tarde de hoje, a US$ 191,40. As ações acumulam perdas de mais de 70% em relação à máxima intradiária de US$ 700,99 em novembro de 2021.

A Netflix, com sede em Los Gatos, Califórnia, empregava mais de 11.000 pessoas no final do ano passado, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. O site Deadline informou sobre os cortes de empregos na terça-feira.

PUBLICIDAD

Veja mais em Bloomberg.com

Leia também

Unicórnios da América Latina não estão imunes à queda de Wall Street

O que muda para os passageiros com a nova holding da Gol e da Avianca?

Últimas BrasilNetflix
PUBLICIDAD