Internacional

O presente de US$ 7 bi que o homem mais rico da Ásia separou para o seu aniversário

O empresário indiano Gautam Adani deve se juntar a outros bilionários do globo na doação de fortunas às causas sociais

Magnata indiano, empresário de primeira geração que completa 60 anos na sexta-feira
Por P. R. Sanjai e Jeanette Rodrigues
23 de Junho, 2022 | 09:47 am

Bloomberg — Gautam Adani, a pessoa mais rica da Ásia, e sua família se comprometeram a doar 600 bilhões de rúpias (US$ 7,7 bilhões) para uma série de causas sociais, para marcar o aniversário de 60 anos do empresário.

PUBLICIDAD

A doação será gerenciada pela Fundação Adani para reforçar os cuidados de saúde, educação e desenvolvimento de habilidades, disse Adani à Bloomberg em entrevista nesta quinta-feira (23).

“Esta é uma das maiores transferências feitas para uma fundação na história corporativa indiana”, disse ele, acrescentando que o compromisso também homenageia o ano do centenário de nascimento de seu pai, Shantilal Adani.

PUBLICIDAD

O magnata indiano, empresário de primeira geração que completa 60 anos na sexta-feira, se junta às fileiras de bilionários globais como Mark Zuckerberg e Warren Buffett, que dedicaram grande parte de sua riqueza à filantropia. Com um patrimônio líquido de quase US$ 92 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index, Adani adicionou um pouco mais de US$ 15 bilhões à sua riqueza este ano - o maior ganho globalmente, mostra o índice.

“Convidaremos três comitês de especialistas nos próximos meses para formalizar a estratégia e decidir a alocação de fundos nessas três áreas”, disse ele. Os comitês terão membros da família Adani em papéis coadjuvantes, acrescentou.

PUBLICIDAD

O grupo Adani, que começou com uma pequena empresa de comércio agrícola em 1988, agora se transformou em um conglomerado que abrange comércio de carvão, mineração, logística, geração e distribuição de energia e, mais recentemente, energia verde, aeroportos, data centers e cimento.

Leia também

Hora da virada para a Vale? Minério de ferro se recupera após promessa de Xi

Últimas Brasil
PUBLICIDAD