Internacional

Produção de petróleo da Rússia cai em março, aponta relatório da Interfax

País bombeou 46,57 milhões de toneladas de petróleo bruto e condensado em março, informou a agência de notícias russa independente

Rússia responde por cerca de 10% da produção global
Por Bloomberg News
04 de Abril, 2022 | 08:31 AM

Bloomberg — A produção de petróleo da Rússia em março caiu pela primeira vez em sete meses, mantendo-se acima do limite-chave de 11 milhões de barris por dia, sugere um relatório da Interfax.

PUBLICIDAD

O país bombeou 46,57 milhões de toneladas de petróleo bruto e condensado em março, informou a agência de notícias russa independente, citando uma fonte não identificada familiarizada com dados do setor. Isso equivale a 11,01 milhões de barris por dia, uma queda de 0,6% em fevereiro, mostram cálculos da Bloomberg.

A produção da Rússia mostrou um declínio mensal pela última vez em agosto, após um incêndio em uma planta de processamento da Gazprom PJSC na Sibéria Ocidental, de acordo com dados históricos da unidade CDU-TEK do Ministério da Energia da Rússia.

PUBLICIDAD

A Rússia, que responde por cerca de 10% da produção global, está sob pressão de sanções impostas por nações ocidentais e seus aliados em retaliação à invasão da Ucrânia. No final de março, todos os três principais indicadores da indústria de petróleo do país – produção, exportações e entregas às refinarias – tiveram quedas em relação ao início do mês, de acordo com cálculos da Bloomberg com base em dados anteriores da CDU-TEK.

Apenas alguns países, incluindo os EUA e o Reino Unido, proibiram explicitamente as compras de petróleo e produtos petrolíferos russos. Ainda assim, alguns outros compradores tradicionais estão evitando o combustível, fazendo com que as exportações do país despencassem no mês passado. A demanda doméstica por combustível também caiu em meio a incertezas sobre o crescimento econômico da Rússia. Esse golpe duplo forçou as refinarias do país a reduzir seus volumes de processamento em meio ao excesso de estoque.

PUBLICIDAD

A CDU-TEK adiou a publicação dos dados de produção de petróleo de março, citando dificuldades técnicas, de acordo com uma mensagem por e-mail da unidade. Ele não forneceu informações sobre quando os dados, originalmente programados para 2 de abril, poderão ser publicados.

A produção da Rússia de 16 a 27 de março caiu abaixo de 11 milhões de barris por dia, um nível não visto desde o início do ano e 1,2% abaixo da primeira metade do mês, segundo cálculos da Bloomberg com base em dados anteriores do setor.

Leia também

PUBLICIDAD

Mexicana Casai compra Loopkey para crescer com parceiros imobiliários

Petróleo fica perto de US$ 100 com risco de fornecimento da Rússia

Últimas BrasilRússiaUcrâniaPetróleo
PUBLICIDAD