PUBLICIDAD
PUBLICIDAD
Internacional

Reino Unido pode banir logos de casas de apostas em uniformes de futebol

Governo inglês está revisando leis de jogos de azar e deve divulgar, em semanas, o banimento de logotipos na Premier League até 2023 ou 2024

Ministros esperam fazer um acordo com os clubes de futebol da Premier League nas próximas duas semanas para remover os logotipos das camisas, informou o Times
Por William Mathis
21 de Maio, 2022 | 11:07 am

Bloomberg — O Reino Unido pode introduzir novas restrições para jogos de azar online, que incluirão a remoção dos logotipos das empresas de apostas das camisas dos clubes de futebol da Premier League, de acordo com reportagens da BBC e do Times.

PUBLICIDAD

O governo está revisando as leis de jogos de azar e espera publicar um documento de política estabelecendo propostas para legislação futura dentro de semanas, com os logotipos possivelmente sendo banidos até 2023 ou 2024, informou a BBC, citando um porta-voz do Departamento de Digital, Cultura, Mídia e Esporte do Reino Unido.

A revisão também pode levar a limites propostos para algumas formas de jogo online. Os jogadores que usam máquinas caça-níqueis online podem enfrentar um limite em suas apostas de apenas 2 libras, de acordo com o Times. Essa quantia pode ser aumentada se os apostadores puderem mostrar que podem perder mais.

PUBLICIDAD

“Estamos realizando a revisão mais abrangente das leis de jogos de azar em 15 anos para garantir que estejam aptas para a era digital”, disse um porta-voz do DCMS em comunicado neste sábado (21).

A Grã-Bretanha é um dos maiores mercados de jogos de azar do mundo, gerando um lucro de 14,2 bilhões de libras (US$ 17,7 bilhões) em 2020, de acordo com a Public Health England.

PUBLICIDAD

Os ministros esperam fazer um acordo com os clubes de futebol da Premier League nas próximas duas semanas para remover os logotipos das camisas, informou o Times. Se nenhum acordo for alcançado, o governo proibirá a prática, disse o jornal.

Quase metade dos 20 clubes da liga, incluindo West Ham e Leeds, são patrocinados por empresas de jogos de azar.

Veja mais em Bloomberg.com

PUBLICIDAD

Leia também

Queridinho da Faria Lima, Nino Cucina terá 17 novas casas após aporte da XP

Exclusivo: CEOs das teles, alunos tech e coca zero. Os bastidores de Musk no Brasil

Últimas Brasil