Internacional

Rússia corta gás da Polônia em escalada de conflito, diz relatório

País que tem sido vocal nos apelos por medidas mais duras contra a Rússia deixou claro que não fará pagamentos em rublos

Kremlin disse que o gás deve ser comprado em rublos, mas a União Europeia considera que isso violaria as sanções – e também fortaleceria Putin de forma inaceitável para o bloco
Por Maciej Onoszko e Maciej Martewicz
26 de Abril, 2022 | 01:43 PM

Bloomberg — A Rússia interrompeu as entregas de gás para a Polônia, segundo o site de notícias Onet.pl, o mais recente aumento das tensões entre Moscou e capitais europeias sobre o fornecimento crucial de energia.

PUBLICIDAD

Os preços do gás na Europa subiram até 17% após o relatório, que cita fontes governamentais não nomeadas. Sem confirmar as informações, o governo polonês disse que tem gás suficiente armazenado, enquanto o operador do sistema de gás disse que estava pronto para possíveis cortes.

Moscou e a Europa estão travadas em um impasse sobre como o gás deve ser pago, enquanto o presidente russo Vladimir Putin ameaça interromper o fornecimento se as exigências não forem atendidas. O Kremlin disse que o gás deve ser comprado em rublos, mas a União Europeia considera que isso violaria as sanções – e também fortaleceria Putin de forma inaceitável para o bloco.

PUBLICIDAD

A Polônia, que tem sido vocal nos apelos por medidas mais duras contra a Rússia por causa da guerra na Ucrânia, deixou claro que não fará pagamentos em rublos.

A Gazprom PJSC não estava imediatamente disponível para comentar o assunto com a Bloomberg News.

PUBLICIDAD

O prazo para os primeiros pagamentos do fornecimento de gás de abril se aproxima e autoridades e executivos europeus estão tentando descobrir a melhor forma de responder a isso. A Europa é extremamente dependente do gás russo e, até agora, protegeu principalmente a energia das sanções.

O portal disse que a informação foi confirmada por funcionários do governo polonês, bem como por representantes da empresa de gás dominante no país, PGNiG. A Interfax informou separadamente que a Polônia não recebeu gás natural do leste pela rodovia Yamal-Europa desde o início da manhã de 26 de abril, citando dados de operadoras de gás.

A Polônia está pronta para possíveis cortes nas entregas de gás e os consumidores não sofrerão escassez, disse Iwona Dominiak, porta-voz da operadora do sistema de gás do país, Gaz System, à Bloomberg. Ela disse que a operadora não faz parte do contrato de fornecimento de gás da PGNiG com a russa Gazprom e não pode comentar o relatório Onet.pl.

PUBLICIDAD

Dados separados da operadora polonesa mostram que os pedidos de gás russo para quarta-feira da Bielorrússia para a Polônia caíram para quase zero. Essa é uma indicação do que os clientes planejam enviar e não reflete necessariamente os fluxos reais.

Leia também

Por que os unicórnios brasileiros estão demitindo

Últimas BrasilUcrâniaRússiagas
PUBLICIDAD