Mercados

Small caps dos EUA prontas para recuperação, diz Wells Fargo

Indicador de referência para essas ações teve queda de mais de 18% em relação ao seu recorde de fechamento em 8 de novembro

Índice que segue as Small Caps americanas está a caminho de uma perda anualizada de 35% em 2022
Por Jess Menton
12 de Abril, 2022 | 08:48 AM

Bloomberg — As ações de baixo valor de mercado dos EUA estão em queda há tanto tempo que para o Wells Fargo é hora de subir.

PUBLICIDAD

O índice Russell 2000, indicador de referência para as chamadas small caps, teve queda de mais de 18% em relação ao seu recorde de fechamento em 8 de novembro, colocando-o próximo de um mercado de baixa, com queda de 20% em relação ao último pico.

O custo do dinheiro em alta pressiona as ações das pequenas empresas, que normalmente estão muito endividadas e tendem a ter linhas de negócios menos diversificadas.

PUBLICIDAD

Mas a escala da queda pode ajudar a estimular um “rali de alívio”, estrategistas do Wells Fargo liderados pelo analista sênior de ações Christopher Harvey escreveram em nota aos clientes.

Em 2008, o Russell 2000 sofreu uma perda de 34% durante o auge da crise financeira global, segundo dados do Wells Fargo. O índice está a caminho de uma perda anualizada de 35% em 2022, o que sugere que o mercado “já precificou um medo substancial de recessão”, segundo analistas do banco. Lucros “melhores do que temidos” podem acabar elevando as ações.

PUBLICIDAD

“A análise dos primeiros balanços, conversas com analistas e clientes e a solidez do balanço patrimonial sugerem que os piores temores dos investidores provavelmente não se materializarão durante a temporada de balanços”, disseram.

As autoridades do Fed sinalizaram que planejam reduzir as enormes reservas de títulos do banco central mais rapidamente do que na década passada, provocando um movimento ascendente constante nas taxas de juros.

Isso restringirá ainda mais o crédito em toda a economia, à medida que o Fed aumenta as taxas para combater a inflação mais alta em quatro décadas.

PUBLICIDAD

As small caps, que estão ligadas à saúde da economia dos EUA, historicamente atingiram o fundo do poço antes que os mercados mais amplos subissem.

Os fundamentos para as pequenas empresas “continuam fortes e os valuations atingiram as mínimas de 2020”, o que pode criar uma oportunidade para elas se recuperarem caso o sentimento se recupere, de acordo com a Bloomberg Intelligence.

PUBLICIDAD

“O consenso prevê um cenário relativamente favorável, especialmente em meados de 2022”, disseram Gina Martin Adams, estrategista-chefe de renda variável da BI, e o estrategista Miguel Casper em relatório de pesquisa. “O destino do Russell 2000 no próximo ano dependerá fortemente do Fed combater com sucesso a inflação sem esmagar o crescimento econômico.”

Veja mais em bloomberg.com

PUBLICIDAD

Leia também

Bitcoin pode desabar para US$ 30 mil com baixa de ações tech

Últimas BrasilSmall CapsWells FargoS&P 500
PUBLICIDAD