Mercados

Traders do Goldman ganharam US$ 100 milhões por dia em parte do 1º tri

Foi a melhor resultado desde o primeiro trimestre de 2011, segundo dados compilados pela Bloomberg

Goldman liderou o grupo de grandes bancos em desafiar as expectativas de desaceleração no último trimestre
Por Sridhar Natarajan
02 de Maio, 2022 | 05:53 PM

Bloomberg — Goldman Sachs (GS) disse que seus traders ultrapassaram a marca de US$ 100 milhões pelo menos uma vez a cada dois dias no primeiro trimestre, em mais um vislumbre de ganhos extraordinária em mercados tumultuados pela guerra e ações imprevisíveis de bancos centrais.

PUBLICIDAD

A divisão de trading do banco registrou mais de US$ 100 milhões diários de receita em 32 dias, disse o banco em comunicado junto a reguladores segunda-feira, ou pouco mais da metade do total de dias úteis nos três meses até março. Foi a melhor resultado desde o primeiro trimestre de 2011, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Os últimos dois anos representaram uma virada na sorte das mesas de operação que anteriormente enfrentavam o risco de mais cortes. As restrições regulatórias e os esforços para automatizar as negociações haviam reduzido as oportunidades de obter ganhos enormes e pressionavam executivos a reduzir as operações.

PUBLICIDAD

Isso mudou com o início da pandemia, que ofereceu oportunidades recordes de ganhar dinheiro.

Agora, investidores avaliam ao mesmo tempo as consequências da guerra, ações de bancos centrais para domar a inflação e os efeitos ainda persistentes da disseminação da covid-19. E as mesas dos bancos foram capazes de usar isso para lucrar.

PUBLICIDAD

O Goldman liderou o grupo de grandes bancos em desafiar as expectativas de desaceleração no último trimestre. Seus operadores se aproveitaram de deslocamentos em commodities, moedas e outros mercados que se tornaram mais agudos com a invasão da Ucrânia pela Rússia.

Uma medida disso: levou apenas três meses de 2022 para o Goldman ter tantos dias faturando mais de US$ 100 milhões diários quanto nos três anos anteriores à pandemia.

O Goldman reportou US$ 7,9 bilhões de receita de trading no primeiro trimestre, 61% de sua receita total.

PUBLICIDAD

Operadores do banco sediado em Nova York ajudaram a compensar o desempenho ruim em outras partes do negócio, como a gestão de ativos, que naufragou entre os mercados em queda.

Veja mais em bloomberg.com

PUBLICIDAD

Leia também

Os Faria Limers estão obcecados com beach tennis - e não são só eles

Últimas BrasilGoldman Sachs
PUBLICIDAD