PUBLICIDAD
PUBLICIDAD
Mercados

Ibovespa sobe acompanhando maior apetite por risco do exterior

Investidores buscam novas pistas sobre os próximos passos do BC dos EUA em relação ao ciclo de aperto monetário para conter a inflação

Por volta das 11h52 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,92%, aos 111.746 pontos;
26 de Maio, 2022 | 11:59 am

Bloomberg Línea — Seguindo o desempenho positivo do mercado nos Estados Unidos, o Ibovespa (IBOV) operava em alta no início da tarde desta quinta-feira (26). Os investidores reagiam à ata do Federal Reserve, divulgada nesta quarta, que não trouxe surpresas - o que, em um ambiente de incertezas, representa uma boa notícia aos mercados.

PUBLICIDAD

No Brasil, o investidor monitora a situação da Petrobras, com as ações recuperando parte das perdas de ontem após mais uma mudança no comando da estatal. Os papéis da PETR3 e PETR4 subiam 1,25% e 1,19%, respectivamente, às 11h52 (horário de Brasília) na B3, em um dia de alta para o petróleo no mercado internacional.

Confira o desempenho dos mercados na manhã desta quarta-feira (25):

PUBLICIDAD
  • Por volta das 11h52 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,92%, aos 111.746 pontos;
  • O dólar à vista caía 1%, a R$ 4,7785;
  • Nos EUA, os índices operavam em alta: o Dow Jones avançava 1,45%, o do S&P 500 subia 1,56%, enquanto o da Nasdaq tinha alta 1,86%;

Contexto

Os investidores comemoraram o fato de o Fed, na ata divulgada ontem, não se mostrar inclinado a uma política monetária ainda mais restritiva. Sinalizou que continuará, nas duas próximas reuniões, a elevar o custo do dinheiro em 0,5 ponto percentual para calibrar a elevada inflação. Mas que pode, mais adiante, mudar de marcha, dependendo da evolução da economia.

No exterior, a Apple (AAPL) avançava, apagando a queda do início da manhã depois que a companhia pediu a seus fornecedores que montem aproximadamente 220 milhões de iPhones este ano, em linha com o total de 2021, mas muito abaixo das expectativas dos analistas de 240 milhões de unidades.

PUBLICIDAD

O minério de ferro caiu abaixo de US$ 130 por tonelada e o cobre teve seu terceiro dia de queda à medida que as preocupações com a economia chinesa se aprofundam e as siderúrgicas cortam produção devido a margens reduzidas. Os metais básicos também caíram. As ações da brasileira Vale (VALE3) recuavam 0,58%.

Enquanto isso, um grupo de investidores sinalizou interesse em comprar cerca de R$ 13 bilhões em ações da Eletrobras (ELET3), no que pode ser uma das maiores ofertas públicas já realizadas no Brasil, segundo pessoas com conhecimento do assunto disseram à Bloomberg.

A transação - uma oferta subsequente chamada de follow-on - deve ser lançada formalmente nos próximos dias, mas os bancos já começaram a entrar em contato com potenciais compradores, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas discutindo assuntos privados. Se a operação for bem-sucedida, poderá resultar na privatização da companhia por meio da diluição da posição de controle hoje nas mãos da União. As ações ON da estatal caíam 1,98%.

PUBLICIDAD

-- Com informações da Bloomberg News

Leia também:

Últimas BrasilBloomberg LíneaAçõesIbovespaJurosDólarEstados UnidosWall StreetPetrobras
Ana Siedschlag

Ana Carolina Siedschlag

Editora na Bloomberg Línea. Jornalista brasileira formada pela Faculdade Cásper Líbero e especializada em finanças e investimentos. Passou pelas redações da Forbes Brasil, Bloomberg Brasil e Investing.com.